terça-feira, 24 de agosto de 2010

Distração

Tenho papel em minhas mãos,
mas está em branco.
Tenho turbilhões de emoções
que não consigo expressar.
Tenho mil e uma ideias
que ainda não realizei.
Tenho muito,
mas parece pouco.
Tenho um lápis em minha mão,
mas não sei o que escrever.
Tenho uma poesia na minha frente
que saiu sem querer.

2 comentários: